Google+

“O amor é tão longe”



Ai poeta amado, “O amor é tão longe”,
Longe de mais e longe por demais
Amar sem esperar ser amado
Mãe, senhora, mulher, amada
Me ensinaste assim
Na tua forma simples de ser
Querendo ser amado
Eu na minha loucura
Desejo apenas poder amar
E não sendo ele mesmo
É assim uma vital necessidade
Como o ar que preciso respirar
De longe, protegendo…
Pois em mim não há mais
Capacidade em ser amado!

pedrinho 2009